Páginas

terça-feira, 19 de agosto de 2014

ANCHOR BREKLE'S BROWN - A minha brown ale!

Quando perguntam qual meu estilo favorito de cerveja, respondo que gosto de todos, se bem feitos. Curioso em provar sempre novos rótulos, eu acredito que toda cerveja deva ser degustada e respeitada se feita dentro da proposta e/ou estilo buscados.

Já quando perguntam o oposto, se possuo um estilo que não aprecie, a resposta já está mais ao alcance. Confesso ter um estilo em particular que não me agrade tanto, embora o beba. Nunca fui muito fã de brown ale, seja da variedade inglesa ou americana (não incluo aqui a brown ale de Flanders). Não que odeie, apenas não apetece. Entretanto sigo degustando sempre que surgem novidades no mercado.



Foi então que recentemente provei uma muito agradável, a Brekle’s Brown. Ela é uma american brown ale criada em dezembro de 2010 pela Anchor Brewing Co. – cervejaria americana mais antiga registrada e uma das responsáveis pelo recente renascimento das cervejas artesanais nos Estados Unidos. Além dos maltes torrados, ela recebe na receita apenas um tipo de lúpulo, da variedade americana Citra (sim, ela é uma cerveja single hop), usado também para o dry hopping.

O nome da cerveja é uma homenagem ao mestre-cervejeiro Gottlieb Brekle, pioneiro alemão que em 1871 fundou a microcervejaria artesanal em São Francisco/California, rebatizada vinte e cinco anos depois de Anchor. Uma celebração aos mais de 140 anos de tradição cervejeira, o legado deixado resultou numa cerveja de cor marrom, translúcida e rubi contra a luz. Espuma bege de baixa criação e estabilidade, que sujou os lados. Aroma de malte e lúpulo equilibrados. Frutado (cítrico, melão) e floral em primeiro plano, em harmonia com o doce (caramelado, waffer, nozes) e grãos. Sabor maltado seguido de frutado e herbal. Amargor moderado. O tostado e o dulçor (notas carameladas, de biscoito waffer e chocolate) vieram no meio do gole. Aftertaste doce, pouco amargo e limpo/satisfatório. Corpo médio-baixo e carbonatação média. Baixa complexidade, mas equilibrada e de drinkability alta.

Anchor Brekle's Brown - american brown ale - 6% ABV


Abra você também sua mente e dê uma nova oportunidade a determinado rótulo que numa primeira prova não foi benquisto. O momento emocional pode influenciar de forma positiva ou negativa a sua opinião. Se continuar não gostando, prove outras marcas do estilo proposto, de diferenciadas cervejarias. Cito como exemplo uma amiga que diz não gostar de cervejas de trigo, mas adora a Colorado Appia (uma hefeweizen* com adição de mel na receita). Às vezes o culpado não é o estilo, mas você que não encontrou aquele rótulo feito especialmente para o seu paladar e gosto pessoal. Fica a dica.

*ERRATA:
Segundo Alexandre Marcussi, do blog O Cru e o Maltado, a Colorado Appia é uma american wheat beer com adição de mel ou uma specialty honey beer


2 comentários:

  1. Gostei do relato, Gil. A Anchor chegou muito mal ao Brasil há dois anos, em péssimo estado de acondicionamento, e isso afetou demais a imagem da marca para mim. Agora, tenho me aventurado a prová-la de novo e vejo que a Anchor que está nas nossas prateleiras faz jus à excelente cervejaria que a Anchor é, que faz cervejas equilibradas, corretas, que primam pelos detalhes em vez de alardear extremismos.

    Só faço a ressalva de que a Colorado Appia não é uma Hefeweizen, mas é uma "American wheat beer" com adição de mel. Eu enquadraria como "Specialty honey beer" simplesmente, categoria que existe no BA. Não tem comparação possível com as cervejas de trigo alemãs.

    Abraços,
    Alexandre A. Marcussi

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marcussi. Fico lisonjeado em saber que lê minhas postagens, uma sumidade... Seu blog e análises no Brejas são fontes de consulta, cuja leitura é um rico aprendizado. Você está correto sobre a Appia, vou consertar a postagem, obrigado pelas ressalvas.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir