Páginas

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

INTERNATIONAL STOUT DAY – Founders Breakfast Stout, até um dia!

Ontem, 06 de novembro de 2014, foi comemorado o mundialmente celebrado International Stout Day (dia internacional da stout). Foi dia de beber a cerveja stout do sub-estilo predileto (sweet stout, oatmeal stout, Russian imperial stout, dry stout, foreign extra stout, American stout, American imperial stout, session stout, wood and barrel aged…) e celebrar!



Originalmente um estilo voltado para uma maior robustez na cerveja (mais corpo e mais torrado), o estilo conta atualmente com várias sub-categorias, indo desde as “imperials” com teor alcoólico maior e consequentemente mais malte, as envelhecidas/maturadas em barris e até as “sessions”, menos robustas e com capacidade de serem bebidas aos montes, vide o alto drinkability.

A minha escolhida para comemorar a data foi a americana Founders Breakfast Stout. Primeiro por ser uma cerveja parruda e de muita personalidade. É uma oatmeal stout (também classificada por muitos como uma American imperial stout) que, além de flocos de aveia, recebe adições abundantes de chocolates importados e cafés Sumatra e Kona. Possui 8,3% de teor alcoólico e 60 unidades de amargor. O segundo motivo foi pela saudade que ela deixará. A exportação de todos os rótulos da Founders foi suspensa pela cervejaria, que visa atualmente focar mais no mercado interno americano – conforme noticiou o blog All Beers. O jeito é comprar as últimas sobreviventes dos PDVs e aguardar a abertura do último container importado que será liberado do porto.

Founders Breakfast Stout - American imperial stout - 8,3% ABV
Cor preta e fechada. Espuma cor marrom de moderada criação e persistência, que sujou as laterais. Aroma torrado e de grãos de café, bem intensos. Fava de baunilha e aveia bem marcante. Terminou com o chocolate amargo e trufado. Sabor similar – notas torradas evocando grãos de café, chocolate amargo, trufa e biscoito wafer. No meio do gole veio um pouco de baunilha e leve amadeirado. Finalizou doce, mas equilibrada com o amargor médio. Álcool bem inserido. Corpo denso e aveludado, mas não licoroso. Carbonatação baixa e pouco marcante. Aftertaste doce e torrado – leve adstringência, que pouco persistiu.



Até um dia, Founders! See you soon...


Nenhum comentário:

Postar um comentário