Páginas

terça-feira, 9 de junho de 2015

CERVEJARIA DO MORRO – Cerveja artesanal no Morro de São Paulo

Morro de São Paulo fica situado na ilha de Tinharé, no município de Cairú, o único município-arquipélago do Brasil. A região, conhecida como Costa do Dendê, fica no litoral do baixo sul da Bahia. Essa vila paradisíaca só pode ser acessada a barco ou avião. Lá não são permitidos automóveis e o único meio de transporte é o carrinho de mão, que transporta as bagagens dos turistas e os mantimentos dos comerciantes.

A ilha atrai turistas de todo o Brasil e outras partes do mundo, portanto é comum na região a mistura de línguas e sotaques. O lugar oferece opções para todo o tipo de gente. Da natureza vêm as várias praias, piscinas naturais, banhos de argila, trilhas ecológicas e passeios de barco que contornam ilhas vizinhas, como Boipeba e Moreré. Quem aprecia esportes radicais pode pular da famosa tirolesa com seus 70 metros de altura, ou praticar stand up paddle, banana boat, canoagem, caiaque, etc. Já quem gosta da noite e badalação, tem as festas que duram até o amanhecer.

Ilha da Saudade, Morro de São Paulo


Na parte gastronômica o que impera são os peixes e frutos do mar, sempre frescos, bem preparados e com ótimo atrativo no quesito preço. Mas as opções não param por aí, com bons restaurantes especializados em comida italiana, japonesa, parrilha argentina, restaurantes caseiros ou mais requintados, churrascarias, pizzarias, cafés, fast food, etc.

Nas ruas é comum a presença de barraquinhas que fazem drinks, caipirinhas e caipifrutas, com variadas frutas da região, como a graviola e o cacau de Ilhéus. E das cervejas artesanais é possível garimpar no comércio algumas opções, como as cervejas mineiras Küd e Backer (da linha 3 Lobos, inclusive). Já a cerveja local fica a cargo da produzida pela única cervejaria da região, a Cerveja do Morro.

Marcio Chies


A produção da Cerveja do Morro é caseira e comandada por Marcio Chies, natural de Caxias do Sul. Foi do sul que o Marcio trouxe o hábito de fazer cerveja em casa, quando se instalou e passou a morar na ilha. Ajudado pela Marcia Salla, sua namorada, as brassagens ocorrem três vezes por semana na sua chácara, onde são produzidos 45 litros por vez, geralmente. O casal já teve um restaurante na região, onde as cervejas eram comercializadas, mas que atualmente está fechado. Hoje vive apenas das cervejas que produz e vende, de onde tira o seu sustento. Elas são comercializadas num quiosque na Rua Caminho da Praia (uma das duas únicas ruas principais), ao lado da pizzaria Forno a Lenha de Mercedes, que fica próxima da Praça Aureliano Lima.

Os estilos produzidos são: Red Ale, Blond Ale, Weissbier (cervejas de trigo clara, escura e uma vermelha), Pilsen e uma Schwarzbier chamada de Cova da Onça, que ele vai relançar acompanhada de uma ampola de cachaça envelhecida no carvalho – é um costume na região beber cerveja acompanhada de cachaça. Ele também produz um licor a base da cerveja Pilsen, mas ainda em fase de testes.

Quando visitei a ilha, as únicas cervejas disponíveis da Cerveja do Morro eram a Boipeba (Weissbier) e a Gamboa ("Red" Weizen). As cervejas possuem notas típicas das cervejas de trigo alemãs, com o diferencial de terem uma lupulagem bem maior que o estilo pede, podendo chegar até os 28 índices de amargor e agradando em cheio aos lupulomaníacos.


Boipeba Weiss - Weissbier - 6% ABV 
Cor amarela e turva. Espuma alva, alta e persistente. Aroma típico de banana, condimentado do cravo e notas intensas de cereais e pão. Sabor similar, com o condimentado do cravo marcante, amargor médio a alto, do lúpulo herbal e terroso que se mantém. Corpo e carbonatação médios. Aftertaste seco e amargor persistente. 

Gamboa - "Red" Weizen - 6% ABV 
Cor cobre a caramelo e turva. Espuma quase bege, boa formação e firme, cremosa. Aroma de banana e leve caramelo (rapadura?). Sabor similar, amargor médio a alto, certa acidez e adstringência que perdura. Corpo médio, carbonatação média a quase frisante. Aftertaste seco, amargor persistente e com sensação adstringente, gramínea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário