Páginas

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

ELA AMERICAN BARLEY WINE — Empoderar, libertar e agir

ELA é uma cerveja-voz. Voz sonora, alta e feminina. Um grito forte dado por um coletivo de mulheres cervejeiras que querem desmistificar o machismo em um meio em que ele é ainda tão presente, seja em rótulos, campanhas publicitárias ou ainda no tratamento que muitas recebem trabalhando com cerveja ou apenas consumindo, e construir, junto a tantos outros, um mundo de igualdade. Igualdade política, social e de vozes. Esta causa não será silenciada. Essa é a resposta brassada por ELAs.

"As mulheres podem até serem boas, mas vamos admitir que o trabalho cervejeiro tem que ser de homem!", "Moça, me vê um chope de mulher pra minha namorada?", "Bebe como homem!" - essas e outras infelizes frases machistas estampam o invólucro que acompanha a cerveja. A ideia é rasgar esse papel, jogar fora e revelar o real rótulo da ELA. 


ELA American Barley Wine é uma cerveja forte e de personalidade, com 10,5% de teor alcoólico, dry hopping do lúpulo australiano Ella, adição de chips de carvalho e Rum na maturação.




Hoje é o seu lançamento no Rio de Janeiro, às 19h, no Booze Bar - Avenida Mem de Sá, 63 - Lapa - Rio de Janeiro.



Todo o lucro das vendas, tanto de garrafas quanto de barris, será revertido para uma instituição de auxílio às mulheres em situação de risco.

Vai ter também sessão de tatuagem com a tatuadora Renata Miranda, exposição de joias baseadas em cerveja com a designer Carolina Mayer e telas relacionadas ao projeto com a artista gráfica/visual Ana Andreiolo.

Contém sororidade e orgulho.

---

Abaixo seguem as impressões da cerveja ELA American Barley Wine:



Cor âmbar e turva. Espuma quase bege, boa formação e retenção. Aroma de lúpulo, que remete ao herbáceo e suave frutado. Depois vem o malte, com dulçor e suave tostado. No fim vem um pouco de éster e álcool, sem agredir. Frutado no início do sabor, seguido do adocicado, caramelo, melaço, frutas secas (ameixas e figo) e nozes. Amargor médio-alto e álcool presente (aquecedor). No aftertaste vem madeira e coco queimado. Corpo médio a cremoso. Carbonatação alta.

---

Maiores informações:


Nenhum comentário:

Postar um comentário